segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Hera


Protetora do casamento, das mulheres casadas, das crianças e dos lares, era esposa e irmã de Zeus, uma das que tinham sido vomitadas por Cronos. Algumas  histórias diziam que Zeus a namorara durante 300 anos, até que ela consentisse em casar-se com ele. Hera aparece nas histórias sempre como uma esposa traída.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Hefesto


Deus do fogo e dos artífices, foi expulso do Olimpo, segundo as lendas, por sua mãe Hera, desgostosa de que ele fôsse coxo. Das suas forjas saiam muitas maravilhas, inclusive a primeira mulher mortal, Pandora, em quem os deuses infundiram vida. No Olimpo, construiu para si um magnífico e brilhante palácio de bronze, equipado com muitos servos mecânicos. Atenas, cidade que dava valor ao artesanato, estimava-o.  

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Afrodite




Deusa do amor e da beleza, presidia, como disse o poeta Hesíodo, " conversas e truques infantis: doces transportes, abraços e carícias". Nasciam flores por onde pisasse e pardais e pombas voavam a sua volta. Deu vários filhos a Ares, seu amante, entre eles o Mêdo e o Terror. Mas tinha o poder de fascinar até deusas experimentadas e muitas vezes colocava a tentação no caminho de Zeus, fazendo-o esquecer de sua esposa, Hera. 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Zeus


Governante do monte Olimpo, rei dos deuses e dos homens, deus do tempo, sexto filho de Cronos e de Réia. Estava destinado a ser comido pelo pai, como seus irmãos. Mas a mãe o escondeu, dando a Cronos uma pedra para comer. Depois de crescido, Zeus deu uma beberagem a Cronos e o fêz vomitar filhas e filhos, que se uniram a Zeus contra os deuses mais velhos. Usando raios roubados, eles ganharam a batalha e o universo.

Filhos de Zeus:

- Hércules
- As Musas ( 9 no total)
- Apolo
- Ártemis
- Hermes
- Perséfone
- Dionisio
- Perseu
- Helena de Tróia
- Minos


domingo, 12 de fevereiro de 2012

Poseidon


Deus grego do mar e dos terremotos, que deu os cavalos aos homens, tinha no dizer de Homero, um palácio de "ouro cintilante" no fundo do mar Egeu. Os gregos eram gratos pelos cavalos, mas tinham sempre cautela com os mares traiçoeiros. E, assim,  suplicavam a Poseidon que "fosse bondoso de coração e ajudasse os que viajavam pelo mar".



 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...