sexta-feira, 30 de março de 2012

Hermes


Filho de Zeus e mensageiro dos mortais, protetor dos rebanhos e do gado, dos ladrões e dos malandros, guardião dos viajantes, festejou o dia em que nasceu com o roubo do gado de Apolo. Enganou os que o perseguiam com uma pista engenhosamente falsa. Apanhado, alegou que era muito moço para roubar. Talvez com alguma ironia, esse trapaceiro foi feito deus não apenas do comércio, também dos oradores e escritores.


quarta-feira, 28 de março de 2012

Deméter



Deusa das colheitas, dispensadora dos cereais e dos frutos, negou seus dons quando Zeus permitiu que Hades lhe levasse a filha, Perséfone, para o inferno. Houve fome até que se chegou a um acôrdo. Perséfone só passaria no inferno um terço do ano. Deméter se abrandou e as colheitas tornaram a florescer.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Artemis


Deusa-virgem da lua, irmã gêmea de Apolo, poderosa caçadora e "prodigalizadora de flechas", era protetora das cidades, dos animais jovens e das mulheres de qualquer idade. As mulheres pediam-lhe um parto feliz, e ela foi a parteira no nascimento  de seu irmão gêmeo, Apolo. Podia ser cruel. Bloqueou a passagem do exército grego para Tróia porque Agamémnon se vangloriou de ter melhor pontaria do que ela, e exigiu o sacrifício da filha dele, perdoando-a depois.

terça-feira, 20 de março de 2012

Ares


Deus da guerra, simbolizado apropriadamente pelo abutre, era detestado pelos pais, Zeus e Hera, mas era estimado por Hades, porque as guerras que Ares provocava aumentavam a população do inferno. Ares embaraçou os outros deuses quando ele e Afrodite foram surpreendidos num encontro amoroso pelo marido de afrodite, Hefesto, que os apanhou com uma rede quase invisível. Mas Ares, embora fosse um guerreiro persistente, nem sempre tinha êxito. Foi capturado pelos gigantes e ferido três vêzes por Héracles e uma vez por Diomedes. Como símbolo da guerra e de seus males, sofrimentos e tristezas, infundia respeito e temor aos gregos, mas nunca foi objeto de adoração.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Apolo


Deus do sol e patrono da verdade, do tiro com arco, da música, da medicina e da profecia, foi o mais majestoso dos Olímpicos. Esse filho de Zeus é associado com os preceitos básicos dos gregos: "Conhece-te a ti mesmo" e "Nada em excesso". Fundou em Delfos o oráculo que dava a Grécia conselhos, bons e maus e profecias claras ou obscuras. 

quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia internacional da Mulher


Meus sinceros parabéns as mulheres, por deixarem este planeta mais belo, mais feliz, mais educado, mais inteligente... enfim, mais habitável.

quarta-feira, 7 de março de 2012

Dioniso


Deus do vinho e da fertilidade, da vida alegre e da hospitalidade, era filho de Zeus e de uma mortal.  A ciumenta Hera destruiu-lhe a mãe e transtornou-lhe o juízo. Errava pela terra rodeado de sátiros e mênades. Símbolo da vida dissoluta, presenteou a Grécia com o vinho, às vezes benéfico e tantas maléfico.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Palas Atenéia


Virgem padroeira das artes domésticas, deusa da sabedoria e protetora na guerra dos que lhe rendiam culto, nasceu da fronte de Zeus, já adulta. Atena, nos primeiros tempos, era representada por uma jovem, mas foi envelhecendo como Atenas, sua cidade favorita. No fim, era representada como uma figuramatronal, sob cuja proteção florescia o que havia de mais valioso na civilizada Atenas: a inteligência e as artes apuradas de viver. Dizia-se que inventara a flauta, mas desprezara femininamente o instrumento ao ver como seu rosto ficava desfigurado quando  ela enchia de ar as faces, para soprar. Embora tivesse ajudados os gregos a vencer em Tróia, vingou-se dos hérois que deixaram de lhe prestar as homenagens devidas. Estabeleceu o dominio da lei e até o conceito da misericórdia, no julgamento que libertou Orestes das terríveis fúrias depois de haver assassinado a mãe por ordem de Apolo. Dizia-se que ganhara a devoção de Atenas por haver dado a oliveira de presente à humanidade. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...